Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Lula e os amigos do povo

por Jorge Santos, em 05.05.22

10542915_x240.jpg

  Nada surpreendentes as palavras de Lula da Silva à Time, no que concerne à invasão da Ucrânia. É mais um para juntar ao "ramalhete" já nosso bem conhecido dos putinistas. Ainda faltam alguns, mas este estava a tardar. Já se alinhou. Pronto!

  Que não gosta dos Estados Unidos, toda a gente sabe. Por consequência, também da NATO.  Pela União Europeia, nunca morreu de amores. Prefere acompanhar os países fascistas ( alguns dizem que são comunistas),  os que censuram as liberdades essenciais, que prendem pessoas em campos de concentração por pensarem diferente. Afinal, não está tão longe da ideologia do seu adversário Bolsonaro, também este Putinista assumido. Fantástica união de extremos! Pobre povo brasileiro se tiver só estas duas opções de voto.

 Os comunistas lutaram contra o fascismo, é verdade, ninguém o pode negar. E fizeram-no com violência, armas na mão, guerrilha, sabotagem. Com danos laterais para muita gente inocente. Defenderam, teoricamente, as liberdades. Mas, ao fim e ao cabo, são incapazes, os seus apoios demonstram-no bem,  de viver em sociedades livres e democráticas. Aquela ideia peregrina da ditadura do proletariado ( uma tragédia para qualquer povo que tenha a infelicidade de a sentir na pele) não lhes sai da alma, do coração e da cabeça . E provoca cegueira, sectarismo, incapacidade de ver à volta. Discernimento político.

 "Uma guerra tem dois lados e ambos são responsáveis", disse Lula à Time; tem, de facto, dois lados. Mas nem sempre dois culpados. A 2ª Guerra Mundial só teve um culpado: Adolf Hitler. E este conflito, na Ucrânia, não é guerra. Ninguém a declarou! O que é , então? Uma invasão sangrenta de Putin! Uma manobra colonialista, expansionista de um fascista em estado puro. Como podia um antigo activista do KGB ser capaz de promover paz,  liberdade e democracia.

 Negociar com Putin, quem lê a entrevista do candidato às eleições brasileiras, parece algo simples e fácil. Não faltaram tentativas. Mas todos sabemos que é quase impossível manter o diálogo com um extremista autocrático e egocêntrico. E se sofrer de loucura, mais complicado se torna. Todos os que tentaram , falharam. Todos os que continuam a tentar, nada conseguem.

  Mas Lula acha que Zelensky devia dialogar mais e aceitar as propostas de Putin. Assim, seria fácil. Zelensky entregava o seu povo e o seu teritório ao ditador russo e pronto, a guerra não existia. Felizmente  o presidente ucraniano não é um cobarde medroso como são os ditadores. E defende o seu país e os cidadãos! Defende-se, é importante frisar, pois não declarou guerra à Rússia, nem anda neste país a ocupar territórios, matar e violar.  Há diferenças! E muito grandes. Mas que o sectário Lula, aliado dos ditadores, não consegue enxergar.

  Estes demagogos extremistas entendem que Putin pode invadir um país soberano. O que não aceitam é que o povo ucraniano se defenda. Mandam-no ceder a todos os caprichos da potência agressora.

 Falta a imprescindível palavra de apoio por parte de  Maduro, Miguel Diaz-Canal, Kim Jong, das ditaduras latino-americanas e  africanas. A Síria e o Egipto já deram a benção. A China, dita comunista, será "nin" enquanto lhe convier. É com estes "democratas populares" que se juntam os do PCP e Lula da Silva.

 " Diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és..."

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:14


6 comentários

Imagem de perfil

De Zé Onofre a 05.05.2022 às 20:48

Boa tarde, Jorge Santos

Não consigo entender o seu raciocínio - "quem é contra os EUA/OTAN/UE" e decididamente pelo governo de Putin.
Para mim uma não implica a outra. Se só houvesse essas duas hipóteses, então é que estaríamos perdidos de todo.
Zé Onofre
Imagem de perfil

De Jorge Santos a 08.05.2022 às 15:48

Pois é, caro amigo, se consegue enxergar outras formas, eu não. Entre os diferentes totalitarismos e a liberal, economicamente, Europa, não há mais. Também eu gostava de um mundo com diferentes alternativas - mas em paz, note . Mas não encontro. Feliz o meu amigo que consegue vislumbrar isso. Abraço
Imagem de perfil

De Zé Onofre a 08.05.2022 às 20:28

Boa tarde

Quando me preparava para ser professor, o meu mestre de Metodologia dizia que os problemas se resolviam pela tentativa e erro, e a solução do problema apareceria.
Tomás Edison respondeu a um trabalhador - Já tentaram mil vezes e não conseguiram? Quer dizer que a solução está mais próxima, o que é preciso é não desistir. Muito menos voltar atrás porque de lá viemos nós.
Nós temos um problema - Como acabar com a exploração do Homem pelo Homem?
Não é por algumas tentativas de algumas terem falhado que termos de voltar ao séc. XIX, ou ficarmos estagnados neste pântano de enganos onde vivemos.
Continuemos a tentar e a errar que lá chegaremos.
É na tentativa e no erro que eu aposto. Não aceito ficar de braços cruzados.
Zé Onofre
Sem imagem de perfil

De frar a 05.05.2022 às 21:45

Biden, Leyen, Zelensky, etc: conversas de 1914...
.
[sim: o europeu-do-sistema não está interessado em ALTERNATIVAS DE PAZ]
.
.
-> O europeu-do-sistema fala em Putin (etc) para desviar as atenções...
pois é, sim, já há muito tempo que deveria ter sido reconhecido:
---> O OCIDENTE DEVE RECONHECER QUE DEVEM SER POVOS AUTÓCTONES A EXPLORAR AS SUAS RIQUEZAS NATURAIS!
Isto é:
- intodução da Taxa Tobin!
[nota: a Taxa Tobin seria utilizada para que fossem empresas autóctones, e não multinacionais Ocidentais, a explorar as suas riquezas;
OBS: mandar esta mensagem de paz para o povo russo, para o planeta,... é uma coisa que não interessa ao hipócrita Ocidental]
.
Nota: ao bloquear a Taxa Tobin... o Ocidente originou muitas muitas guerras... ao interesse das multinacionais.
.
Sim:
- o Ocidente possui um muito muito largo historial de revoluções/guerras engendradas no sentido de, no caos, no final, as mais variadas riquezas ficarem na posse da alta finança (nomeadamente, na posse de multinacionais Ocidentais).
Nota: a guerra da Ucrânia é mais do mesmo...
.
[Sim: Zelensky (e seus boys) são boys das negociatas das multinacionais Ocidentais]
.
Mais:
- o Ocidente possui um largo historial de ameaças/provocações à Russia:
-> secretário geral da NATO: «a Russia vai ter cada vez mais NATO nas suas fronteiras».
(todos unidos no saque aum território imenso)
-> outros 'gurus' da NATO: «a globalização vai entrar pela Russia a dentro»
(multinacionais a comprar...).
etc.
.
[Zelensky (e seus boys) estiveram em conluio com 'gurus' da NATO... quando estes andaram a fazer um festival de ameaças/provocações]
.
.
O hipócrita Ocidental andou a ameaçar, e a provocar, a Russia no sentido se intervir.... anda a mandar armas para a Ucrânia...
pois é:
- armas da NATO para expulsar russos da Ucrânia...
- e, tal como sucedeu em muitos outros territórios... as principais riquezas da Ucrânia vão passar para as mãos de multinacionais Ocidentais.
Mais:
- para melhor rentabilizar os seus investimentos, as multinacionais vão exigir substituição populacional...
e... os europeus-do-sistema vão acusar os patriotas ucrânianos de «racistas/xenófobos».
.
.
Outros casos:
- o hipócrita Ocidental bloqueia a investigação à forma como o Ocidente faz chegar armas a 'grupos rebeldes', que não possuem fábricas de armamento... e cujas guerras/revoluções são usadas para destituir «governos não-amigos» (não interessados em vender as riquezas autóctones).
.
.
.
* * *
.
.
.
DIZ NÃO AO DISCURSO DE ÓDIO, DE HIPOCRISIA, COM MAIS DE 2000 ANOS
.
.
Ódio cidadanismo de Roma (discurso dos europeus-do-sistema):
- é o velho discurso de ódio tiques-dos-impérios, isto é, ódio à existência de outros, isto é, o ódio à existência de povos autóctones dotados da Liberdade de ter o seu espaço e prosperar ao seu ritmo.
.
.
Cidadanismo de Roma XX-XXI:
- está, hipocritamente, travestido de 'combate ao racismo e xenofobia'.
.
Os europeus-do-sistema evocam os hitlerianos procurando atingir os Identitários... ora, o que se passa, É EXACTAMENTE O CONTRÁRIO:
- o problema dos hitlerianios não era Identitário, o problema deles era exactamente o mesmo problema dos europeus-do-sistema (e vice-versa):
- um discurso de ódio à existência de outros, nomeadamente, ódio à existência de povos autóctones dotados da Liberdade de ter o seu espaço e prosperar ao seu ritmo.
.
.
Adiante:
- Os Identitários reivindicam Liberdade/Distância/Separatismo dos boys e girls da laia dos europeus-do-sistema; por motivos óbvios:
-> NA ORIGEM DA NACIONALIDADE ESTEVE O IDEAL DE LIBERDADE IDENTITÁRIO:
- «ter o seu espaço, prosperar ao seu ritmo».
Não foi:
- o ódio tiques-dos-impérios!...
.
.
SEPARATISMO 50-50:
- os globalization-lovers, UE-lovers, etc, que fiquem na sua (possuem imensos territórios ao seu jeito)... respeitem os Direitos dos outros... e vice-versa.
.
-» blog http://separatismo--50--50.blogspot.com

Imagem de perfil

De João Guimarães a 06.05.2022 às 22:19

Pronto ....agora em português.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Favoritos